13º salário. Revelada a grande farsa

salário

Em quase todo mundo, senão no mundo inteiro, um ano tem 365 dias, 12 meses e 52 semanas. Uma semana tem 7 dias (domingo, 2.ª, 3.ª, 4.ª, 5.ª, 6.ª feira e sábado), o único dado inquestionável, dentre as informações expostas acima, que nos servirá de parâmetro para o desenvolvimento de uma análise curiosa.

Partindo do único dado indiscutível, ou seja, uma semana contando 7 dias, começamos a perceber a primeira discrepância, quando consideramos que uma quinzena tem duas semanas, isto é, 14 dias. Mas, a definição de quinzena nos dicionários afirma que é um substantivo feminino, “série ou grupo de quinze dias. Período de quinze dias. Pagamento feito pelo trabalho de quinze dias. Música Registro de órgão em que as notas se emitem duas oitavas acima do diapasão. Espécie de casaco para homem”.

De acordo com a prática ou convenção da contagem do tempo, um mês tem 4 semanas, um dado que nos leva à conclusão de que um mês não tem 30 dias e sim 28 (4 x 7 = 28), levando-nos, ainda, a outra conclusão de que o único mês que tem o número de dias correto é fevereiro, com exceção dos anos bissextos.

Outra discrepância muito evidente é o fato de que um ano tem 12 meses. Então, considerando que cada mês tem 4 semanas, chegamos, com muita facilidade, a um resultado intrigante, ou seja, um ano não tem 365 dias e sim 336 (12 meses X 4 semanas x 7 dias = 336), deixando um resto de 29 dias (28 dias + 1).

Se considerarmos que os números não mentem, resta-nos pesquisar o que tem por trás desse “equívoco” tão evidente, que chega a ser gritante, ou será que devemos considerar que um ano tem 13 meses?

Como sou um indivíduo extremamente curioso, continuarei pesquisando de onde surgiu essa “curiosidade histórica”, mas tenho convicção de que aqui pelas bandas do Brasil, o “pai dos pobres”, como Getúlio Vargas era conhecido, aproveitou-se e fez uma de suas mais marcantes ações populistas, levando milhões de trabalhadores a acreditarem piamente que o 13.º é um “salário extra ou um grande benefício”, uma grande farsa.

Para finalizar, deixarei outro raciocínio que comprova a farsa do 13.º salário praticado no Brasil, ao contrário de outros países, principalmente quando nos referimos ao 1.º Mundo:

“Um trabalhador que recebe R$ 1.000,00 por mês, tem um salário de R$ 250,00 por cada semana trabalhada, considerando que um mês tem 4 semanas.

Considerando, ainda, que um ano tem 52 semanas, chegamos à conclusão inequívoca que o trabalhador tem direito a uma remuneração anual de R$ 13.000,00 (52 x R$ 250,00 = R$ 13.000,00) e não de R$ 12.000,00 + R$ 1.000,00 (13.º salário).

Diante de tudo que você leu acima e deixando o lado da curiosidade histórica à parte, chegamos à lamentável conclusão de que pagar o 13.º salário nunca foi um gesto de generosidade, porque corresponde ao tempo efetivamente trabalhado anualmente.

7 Replies to “13º salário. Revelada a grande farsa”

  1. Nayana Fernandes says: Responder

    Professor, o senhor deu um nó na minha cabeça com tantos cálculos!!! Brilhante raciocínio!!!
    Parabéns!!!!

    1. A esquerda sempre distorcendo as coisas para tentar derrubar o capitalismo, ou seja, querem jogar a batata quente na mão do empregador para encaixar o discursinho de opressor vs oprimido. O Capitalismo não é perfeito, mas é o que deu menos errado e o Socialismo não deu certo em lugar algum uma vez que é insustentável. Segundo nossa constituição, o 13º salário é uma gratificação, ou seja, não é salário. Se no exemplo da postagem vamos comparar o valor recebido durante um período de um 1 ano no sistema mensal e no sistema semanal (ingleses), então vamos nos ater a alguns dados que não estão sendo distorcidos propositalmente para lhe manipular.
      Em 1 ano temos 12 meses sendo cada um com média de 4,33 semanas totalizando 52. Os meses não tem todos o mesmo número de dias nem de semana, sendo assim não se poderia adotar 4 semanas para cada mês afim de se obter o salário semanal. O cálculo simplista apenas dividiu por 4, o que é um erro grosseiro e manipulador. Algumas semanas começam em um mês e termina no outro, mas como estamos mensurando o recebido durante um ano, não irá interferir. Um mês tem 4,33 semanas ( 7 dias) que multiplicado por 12 vai resultar nas 52 semanas. Se fosse adotar 4 semanas por mês, então seriam 48 semanas e não 52.
      A manipulação no calculo da postagem está em adotar o mês como 4 semanas (28 dias para todos os meses) fazendo com que não se dilua o valor por todos os dias trabalhados do mês, mas multiplica por todos trabalhador no ano fazendo assim o valor recebido semanal ficar maior para quando multiplicado pelas 52 semanas fique maior que no sistema mensal que calcula por todos os dias do mês.
      Pelo sistema mensal temos 12 pagamentos de R$700 ao ano, vai resultar em 8.400,00 ou
      9.100,00 adicionando o 13º salário. O salário mensal de 700 dividido por 4,33 semanas é igual a R$161,66 por cada uma das 52 semanas totalizando 8.406,46 por ano sem ter décimo.
      Se o ano tem 365 dias, dividindo por 12 se chega 30,42 dias por mês ou 4,35 semanas de 7 dias. O povinho….

    2. Alexandre Costa says: Responder

      Muito obrigado, minha querida. Infelizmente, estamos diante de uma realidade inquestionável, porque os números não mentem e tampouco aceitam “desaforos”. Muito sucesso pra você!

  2. Cada funcionário quando entra na empresa temos que ver o dia que ele entrou e o dia da saída quando ele for demitido vamos fazer os cálculos dos seus direitos porque se a empresa erra qualquer coisa o funcionário pode ir atrás dos seus direitos temos que saber de cada quinzena temos 365 dias 12 mês 52 semana uma semana 7 dias (domingo 2 ,3,4,5,6 sábado temos um resultado intrigante ou então um ano não tem 365 e sim 336 então é muito importante a gente saber tudo isso ..
    Recursos humanos
    Distrito ideal
    Cidade aracoiaba

  3. FRANCISCO DE ASSIS SABINO VIANA says: Responder

    MUITO IMPORTANTE PROFESSOR ESSES CALCULOS ASSIM PODEMOS FICA SABENDO SOBRE ESSE ESSES EQUIVOCO,QUE ACONTECE QUE MUITA GENTE NAO PAROU PENSA SOBRE ESSES ASSUNTO QUE NAO Da IMPORTANCIA ESSAS COISAS SOBRE A QUINZENA QUE TEM DUAS SEMANAS COM 7 DIAS QUE DA APENAS QUATORZE DIAS EU 13 TERCEIRO ONDE RECEBEMOS ONDE RECEBEMOS COMO BENEFICIO E UMA FARSA.

    FRANCISCO DE ASSIS SABINO VIANA
    CIDADE OCARA CEARA
    CURSO DE RH

  4. antônia luciana pinheiro dos santos says: Responder

    É muito interessante e ao mesmo tempo curioso,essas facetas os trabalhadores não são informados ou não procuram se informar.muito bom saber dessas informações.

    cursando RH-gestão de pessoas
    ocara-ce

  5. Interessante reflexão. Nos faz perceber que devemos estar atentos as leis que nos rege, bem como ao que nos é imposto nas empresas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.