Quando é hora de demitir um cliente tóxico?

cliente tóxico

Clientes são fonte de alegria em qualquer empresa, mas será que é sempre assim. E quando dentre eles há um cliente tóxico?

Prod – Planilha de Planejamento semanal

Você empresário tem como grande meta aumentar as vendas. Não importa o seu ramo, o tamanho da empresa ou o estágio da sua empresa. Você quer e precisa vender mais. É assim na minha empresa, na sua e em todas as outras.

Porém, nem todo cliente é um bom cliente. Ou será que é?

O ser humano é um animal que tem como diretiva principal a autopreservação. E algumas pessoas colocam a autopreservação acima da ética, da boa educação e da própria humanidade.

Para essas pessoas, quando ela faz algo errado ou não usa o seu produto de acordo com as suas instruções, a coisa não vai funcionar.

E sabe quem ela vai culpar? Você e sua empresa.

Para esse tipo de cliente, que eu chamo de cliente tóxico, se algo dá certo é porque eles são bons, se dá errado é porque seu produto não presta.

O cliente tóxico quer que seu produto ou serviço funcione sem esforço nenhum da parte dele. E sabemos que em quase todo produto ou serviço é preciso haver uma cooperação para que existam resultados.

Se o seu produto é um curso, o cliente precisa estudar para aprender.

Se o seu produto é consultoria, o cliente precisa fornecer dados e executar o que é concordado.

Se o seu produto é um equipamento, o cliente precisa operá-lo corretamente.

Se o seu produto é um picolé, o cliente precisa segurar corretamente e não deixar ele cair.

Se o seu produto é coaching ou mentoria, o cliente precisa comparecer, participar e executar o que é pedido.

Se o seu produto é um livro, o cliente precisa ler o conteúdo, entender e aplicar o conhecimento.

Se o seu produto é um sistema, o cliente precisa operá-lo corretamente e alimentá-lo com dados.

Mas o cliente tóxico não quer trabalhar. Ele quer que seu produto ou serviço faça tudo sozinho. Ele não quer se esforçar e acha que seu preço deveria cobrir até a parte de trabalho dele.

Faz sentido pra você? Quantos clientes tóxicos você já viu?

Ele vai pedir descontos a todo instante, mas ai de você se cobrá-lo mesmo com justiça por um atraso dele. Ele vai  vai reclamar e pode até acusar sua empresa de cobrança vexatória, mesmo sem a menor razão. (Eu já vi acontecer)

E o que fazer?

O cliente tóxico insiste em pagar menos, mas vai desgastar a sua equipe como se fossem dez clientes juntos. E ele acha que o tempo dele vale mais do que o seu.

Uma vez identificado o cliente tóxico você tem uma pequena vantagem. Ele é um ponto vermelho no seu radar que você precisa resolver de alguma forma.

Se ele quer um produto mais rápido, que dependa menos do esforço dele, cobre mais caro. Apresente as soluções que dependem muito pouco dele para darem certo. Mas cobre mais.

Se ele trata mal sua equipe ou é ríspido e critica sua empresa o tempo todo, esse cliente tóxico só está servindo para contaminar a moral da sua empresa e fazendo as pessoas perderem tempo valioso. Rebatendo as acusações e ameaças e fazendo retrabalho.

Se o valor que ele paga é muito significativo para a saúde financeira da sua empresa, aumente os esforços de marketing e vendas para cobrir o buraco que ele deixaria no seu caixa.

E demita seu cliente tóxico.

Encerre o contrato, conclua as negociações e gentilmente deixe de trabalhar com ele. Sempre com muito respeito e nunca sendo agressivo como ele é.

Clientes tóxicos não valem o seu tempo. Mesmo.

E não há dinheiro que pague pela sua sanidade e da sua equipe.

Deixe essa bomba para seu concorrente. Existem muitos clientes melhores que você já poderia estar atendendo no lugar desse cliente desagradável.

Sucesso e Soberania, Sempre!

Rafael Honorato

Rafael Honorato é consultor de gestão e instrutor de Alta Perfomance, fundador da Revolutia, consultoria especializada em ajudar pequenas e empresas.

Aplica cursos e programas de impacto na Escola Lidero, escola de competências e Alta Performance. Autor de “Os 7 Elementos das Pequenas Empresas“.

Fale com Rafael: rafaelhonorato@gmail.com

2 Replies to “Quando é hora de demitir um cliente tóxico?”

  1. Todo produto que você vai comprar ou tá pensando em comprar pode ser um batom , Maquiagem qualquer produto ..
    porque sua amiga li falou você tem que primeiro pesquisar depois comprar se você comprou e teve alguma alergiar claro que você vai falar com a pessoa que você comprou e claro que vai culpar a empresa por isso você antes de usar o produto ler as instruções muitas pessoas não faz isso mas é o certo em se fazer porque você a sua pele podi correr riscos você nem sabe mantes de tá na sua mão passou por vários profissionais pode ter irritado sua pele ,
    mas de outra pessoa não tem feito mal vários exemplos de produtos se você não é capaz de fazer ele ser ser um dos produtos melhor outra pessoa vai fazer …

    Recursos humanos
    Charliene
    Distrito : ideal
    Cidade:aracoiaba …

  2. Micaelle Ferreira says: Responder

    É dever de cada pessoa procurar se manter sempre bem informado sobre todo e qualquer produto que deseja obter, no entanto, nem sempre isso acontece, a maioria adquire algum produto apenas por indicação de um colega, e é daí que começam a surgir os Clientes Tóxicos, porque o que me agrada, pode não agradar ao outro.
    Digamos que é justamente pela “preguiça” de se impor a uma pesquisa sobre o produto desejado, que a grande maioria consome o que não lhes agrada e é onde começam a surgir as críticas indesejáveis,o que faz daquele cliente, uma pessoa “Tóxica” e indesejável para o fornecedor e sua equipe.
    Recursos Humanos
    Micaelle Ferreira
    Cidade:Ocara

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.